x

Press Releases: a opção de colocar itens como título, linha fina, links, imagem, vídeo etc.

3 portais é o mínimo que garantimos.

Project Zero é lançado em sete novos países


Amazon anuncia a expansão do Project Zero para sete novos países: Brasil, Austrália, Holanda, Arábia Saudita, Cingapura, Turquia e Emirados Árabes Unidos - tornando-o agora disponível em um total de 17 países em que a empresa opera. O Project Zero combina a tecnologia, o machine learning e a inovação avançada da Amazon com o conhecimento sofisticado que as marcas têm de suas propriedades intelectuais, com o objetivo de, juntos, reduzir a zero os produtos falsificados.

Lançado em 2019, o Project Zero tem o objetivo de garantir que clientes sempre recebam produtos autênticos quando compram nas lojas da Amazon. Mais de 10 mil marcas - desde grande empresas globais até empreendedores emergentes, incluindo Arduino, BMW, ChessCentral, LifeProof, OtterBox, Salvatore Ferragamo e Veet, já fazem parte do projeto.

“A Amazon está comprometida em proteger os clientes e as marcas com as quais colaboramos em todo o mundo”, diz o vice-presidente de Confiança do Consumidor e Suporte a Parceiros da Amazon, Dharmesh Mehta. “O Project Zero tem sido um passo à frente na proteção às marcas, especialmente para aquelas que usam os três componentes que o projeto oferece”.

A BMW, uma das marcas líderes no setor automotivo em todo o mundo, com um portfólio de marcas registradas globais, avalia: “O Project Zero tem sido uma ferramenta simples e efetiva na proteção da BMW na Amazon. Somos muito gratos pelas ferramentas que a Amazon desenvolveu para que possamos proteger nossa marca”.

“Estamos animados em ver que o Project Zero está expandindo para novos marketplaces”, diz a co-fundadora e CEO da Food Hungers, Adrienne McNicholas. “O programa já tem um impacto muito positivo nos nossos esforços de fiscalização e estamos contentes em ver o contínuo comprometimento da Amazon em proteger nossa marca em todo o mundo”.

Marcas que já fazem parte do Project Zero e possuem uma marca registrada em um dos países recém-lançados vão poder utilizar o projeto automaticamente nessas lojas adicionais. Novas marcas podem saber mais sobre como fazer parte do Project Zero em: www.projectzero.com

O Project Zero usa três componentes-chave para proteger e capacitar as marcas:

● As proteções automatizadas da Amazon fazem buscas de forma pró-ativa e contínua em mais de cinco bilhões de atualizações diárias de listas de produtos, procurando por indícios suspeitos em todo o mundo. Essas proteções são alimentadas pela tecnologia de machine learning da Amazon e recebem novas informações continuamente, de modo que a empresa está sempre melhorando a prevenção e bloqueando ofertas de produtos falsificados.

● A Amazon investe recursos significativos ao longo dos anos para prevenir proativamente produtos falsificados e continua a inovar e desenvolver soluções tecnológicas para esse fim. O Project Zero vai além com uma ferramenta self-service que capacita e oferece às marcas uma habilidade sem precedentes para remover diretamente ofertas suspeitas das lojas da Amazon. Essas remoções também alimentam as proteções automatizadas, de forma que a Amazon pode melhorar ainda mais a captura de ofertas de produtos falsificados no futuro.

● A serialização do produto é ativada por um código exclusivo que as marcas utilizam em seus processos de fabricação ou embalagem, e permite à Amazon escanear e confirmar individualmente a autenticidade de cada compra de produtos registrados de uma marca nas lojas da Amazon. Embora a serialização do produto seja opcional, as marcas inscritas no Project Zero verificam os melhores resultados ao usar o recurso.

O Project Zero está entre um conjunto de ferramentas que a Amazon introduziu para capacitar as marcas a proteger sua propriedade intelectual.

● Mais recentemente, a Amazon lançou a Amazon Counterfeit Crime Unit (ACCU), uma equipe global que investigará e moverá ações judiciais contra malfeitores, protegendo clientes, parceiros de vendas e marcas. Saiba mais: https://press.aboutamazon.com/news-releases/news-release-details/amazon-establishes-counterfeit-crimes-unit-bring-counterfeiters

● O Amazon IP Accelerator ajuda as empresas a obter mais rapidamente direitos de propriedade intelectual e proteção de marca nas lojas da Amazon. O programa foi projetado tendo em mente especificamente pequenas e médias empresas e está disponível para empreendedores em todo o mundo que buscam proteger a propriedade intelectual nos EUA. O IP Accelerator conecta empreendedores com escritórios de advocacia dos EUA com experiência em processos de registro de marcar. Os empresários também se beneficiam de taxas pré-negociadas. Saiba mais: https://brandservices.amazon.com/ipaccelerator

● Amazon Brand Registry, um serviço gratuito que dá aos proprietários de marcas acesso a um poderoso conjunto de ferramentas que os ajudam a fornecer uma experiência precisa e confiável ao cliente na Amazon, protegendo ao mesmo tempo a propriedade de uma marca. Para se inscrever e saber mais: https://brandservices.amazon.com/