MEC voltará a suspender abertura de novos cursos de direito?

  • Postado dia 22 de Outubro de 2015

Em 22 de março de 2013, durante o período em que esteve à frente do Ministério da Educação, Aloizio Mercadante anunciou o fechamento de autorização para novos cursos de direito, fruto de uma parceria entre o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) e o Ministério da Educação (MEC).
 

Com Aloizio Mercadante fora do MEC, em 2014, após passarem mais de 16 meses corridos a contar da assinatura do acordo/parceria CFOAB e MEC, sem abertura de novos cursos de direito, em 12 de setembro de 2014, o Ministério da Educação votou autorizar abertura de novos cursos, na época do ministro Henrique Paim.

Abril de 2015 – OAB-MG

Durante evento na Escola Superior Dom Helder Câmara(24/4), o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil de Minas Gerais, Luís Cláudio Chaves, criticou o número excessivo de faculdades de Direito no Brasil.

5 de outubro 2015 - Aloizio Mercadante volta ao MEC

Com Aloizio Mercadante à frente do Ministério da Educação (MEC), pela segunda vez; resta saber se o MEC voltará a suspender a abertura de novos cursos de direito?

O atual padrão que autoriza cursos de direito é a solução para melhorar a qualidade do ensino jurídico no país?

http://www.justicaemfoco.com.br/desc-noticia.php?id=110506

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), por Carla Castro.

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia