Serviços prestados às famílias têm menor crescimento da série histórica em abril

  • Postado dia 18 de Junho de 2015

A receita dos serviços prestados às famílias apresentou a menor alta da série histórica em abril deste ano, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Pesquisa Mensal dos Serviços, a atividade cresceu 1,2% na comparação com abril do ano passado.
 
Em março, o crescimento foi 2,5% e, em fevereiro, 6,8%. Além de abril e março de 2015, houve apenas dois meses, desde maio de 2013, em que a receita nominal dos serviços cresceu menos de 6% na comparação com o ano anterior.
 
A pesquisa do IBGE mostra a redução do poder aquisitivo da população, constatada pela Pesquisa Mensal do Emprego (PME), como uma das causas do desempenho dos serviços prestados às famílias. Segundo a PME, a massa de rendimentos reais das famílias caiu 3,8% na comparação com abril do ano passado. Outro fator indicado pelo instituto foi o aumento dos preços da alimentação fora de casa ter sido maior que a inflação geral de abril.
 
Com o resultado, o crescimento acumulado em 12 meses manteve a trajetória de queda, chegando a 7%. Em 2015, a atividade teve alta de 2,6% na receita.
 
A desaceleração se deu na atividade outros serviços, que teve alta de 13,5% em março e perdeu quase 12 pontos percentuais em abril, avançando 1,6%. Esse grupo inclui serviços como espetáculos e atividades artísticas, atividades esportivas, tratamento de beleza e clínicas estéticas e serviços de apoio à educação, como cursos de idiomas e preparatórios.
 
Os serviços de alojamento e alimentação cresceram menos, com alta de 1,1%, mas o crescimento foi maior que o de março, quando o registrado havia sido 0,8%.

Fonte: Da redação (publicobrasil.com.br), com Agência Brasil

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia