Técnico em Edificações além de ser peça chave em uma construção, ajuda a evitar tragédias

  • “O mercado está totalmente apto para absorver esses técnicos. Empresas de construção e setores de engenharia de órgãos estão em busca de profissionais para atuar na área”, declara Anderson Braga, sócio mantenedor do CETTPS, instituição de ensino técnico que fica em Camaçari e está com vagas abertas para este curso, com início de aulas previsto para o começo do segundo semestre.
  • Postado dia 09 de Junho de 2015

O setor da construção civil como um todo teve um grande crescimento nos últimos anos e continua aquecido mesmo depois de ter sofrido uma desaceleração. Com isso, existe uma demanda por profissionais qualificados em todos os níveis e entre eles se encontra o técnico em edificações. Braço direito do Engenheiro Civil, o técnico em Edificações é responsável pela concepção de projetos, orientando e acompanhando os funcionários de uma construção, de forma que tudo saia como planejado.

O técnico atua, ainda, na manutenção e recuperação de obras, além de realizar o controle dos materiais utilizados e verificar a qualidade do solo. A experiência desse profissional é de extrema importância para executar o detalhamento de desenhos de fundação, solos, demarcação de terrenos e topografia, além de estruturas de concreto armado e metálicas. Por conta disso, a presença de um técnico em Edificações no momento de desenvolver e executar projetos em uma obra é de extrema importância, além do que, a presença desse profissional reduz as possibilidades de tragédias, como as que estamos acompanhando nas últimas semanas em Salvador, a exemplo dos prédios em Pernambués, que estão ameaçados de cair por falhas na construção.

“O mercado está totalmente apto para absorver esses técnicos. Empresas de construção e setores de engenharia de órgãos estão em busca de profissionais para atuar na área”, declara Anderson Braga, sócio mantenedor do CETTPS, instituição de ensino técnico que fica em Camaçari e está com vagas abertas para este curso, com início de aulas previsto para o começo do segundo semestre.

 

As informações sobre matrícula estão disponíveis nos telefones (71) 3621-9589 / 3621-4177.

Fonte: Da redação (publicobrasil.com.br), com Pipa Comunicação.

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia