Clássicos brasileiros ao ar livre

  • "É Simonal", de Domingos Oliveria, será uma das atrações do "Cinemateca ao Ar Livre". (Foto: Arq/Ministério da Cultura).
  • Postado dia 12 de Dezembro de 2014

Vale a pena levar uma cadeira, almofada ou esteira para assistir à mostra "Cinemateca ao Ar Livre". O evento, que começou na quinta-feira 11 e só termina no próximo dia 21, dá oportunidade de o cinéfilo assistir a clássicos do cinema brasileiro, em 35 milímetros, todos do acervo da casa. 
 
A exibição dos filmes será na parte externa da Cinemateca, em São Paulo, sempre às 20h. A entrada é franca e estarão disponíveis 150 cadeiras. Se faltar assento, o público poderá usar cadeiras dobráveis, esteiras, cangas, almofadas para se acomodar. 
 
"Ganga Bruta", de Humberto Mauro, abre a mostra nesta quinta-feira 11 de dezembro. Também fazem parte da programação "Sangue Corsário" (Carlos Reichenbach, 1980), "São Paulo – Sinfonia e Cacofonia" (Jean Claude Bernardet e Aloísio Raulino, 1994), "Zézero" (Ozualdo R. Candeias, 1974), "Os Doces Bárbaros" (Jom Tob Azulay, 1977), "Roberto Carlos a 300 km por hora" (Roberto Farias, 1971), "Cassy Jones, o magnífico sedutor" (Luiz Sérgio Person, 1972) e "É Simonal" (Domingos Oliveira, 1970).
 
No mesmo período, também com entrada franca, será realizada a "Mostra K-pop de cinema coreano".

Fonte: Da redação (publicobrasil.com.br), com Ministério da Cultura.

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia