Maranhense de 84 anos Ferreira Gullar se disse feliz e honrado ao se tornar imortal

  • Postado dia 06 de Dezembro de 2014

O poeta maranhense Ferreira Gullar, de 84 anos, tomou posse na noite desta sexta-feira (5) como membro da Academia Brasileira de Letras (ABL). Ele passou a ocupar a Cadeira 37, que pertencia ao poeta e tradutor Ivan Junqueira, que morreu em julho deste ano.

Biografia

Ferreira Gullar, um dos mais aclamados autores brasileiros vivos, é o pseudônimo José Ribamar Ferreira. Ele nasceu em São Luís, no Maranhão, em 10 de setembro de 1930. Publicou seu primeiro livro, "Um pouco acima do chão", aos 19 anos de idade. Dentre suas principais obras, estão "A luta corporal" (1954), "Dentro da noite veloz" (1975), "Poema sujo" (1976) e "Na vertigem do dia" (1980).

Seu mais recente é "Em alguma parte alguma", que ganhou o prêmio Jabuti de livro do ano em 2011. Ao subir no palco para agradecer pelo reconhecimento, afirmou: "Eu só vou dizer: não sei se poesia é literatura. Fora isso, a gente faz poesia porque a vida não basta".

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com agências

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia