Palestra do ministro Marco Aurélio marca comemorações dos 60 anos da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho

  • Postado dia 26 de Novembro de 2014

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, participou nesta quarta-feira (26) das comemorações dos 60 anos da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho. Coube ao magistrado – ex-ministro do Tribunal Superior do Trabalho e corregedor-geral da Justiça do Trabalho de 1988 a 1990 – proferir a conferência de abertura do evento, com o tema "Judiciário: Um Poder Independente".
 
O presidente do TST, ministro Barros Levenhagen (corregedor no biênio 2011-2013), abriu a solenidade destacando a iniciativa do corregedor-geral da Justiça do Trabalho, ministro Brito Pereira, de marcar os 60 anos de atuação da Corregedoria-Geral. "Uma instituição ou parte dela que não a preserva, não sabe bem o caminho a trilhar no futuro", afirmou, lembrando que a Corregedoria tem prestado relevantes serviços à Justiça do Trabalho.
 
Ao longo do dia, a programação do evento teve, além da conferência do ministro Marco Aurélio, painéis, palestras, e homenagens aos ex-corregedores. "Nessas seis décadas de existência, os 35 corregedores-gerais desenvolveram muitos esforços na busca de uma Justiça do Trabalho mais célere e eficiente", afirma o atual corregedor, ao entregar placa comemorativa aos ministros José Ajuricaba da Costa e Silva, Wagner Pimenta, Vantuil Abdala, Luciano de Castilho Pereira (aposentados), Marco Aurélio, hoje no STF, Barros Levenhagen e Ives Gandra Martins Filho, seus antecessores na Corregedoria-Geral. Os desembargadores presidentes de Tribunais Regionais do Trabalho, que exercem a função de corregedores regionais, foram homenageados com medalhas.
 
Exposição e galeria
 
As comemorações incluem a exposição "60 anos da Corregedoria-Geral da Justiça do Trabalho", aberta na terça-feira (25) no Memorial do TST, organizada pela Comissão de Documentação e pelo Comitê Gestor do Programa Nacional de Resgate da Memória da Justiça do Trabalho.  A exposição é composta de fotografias de correições no Tribunais Regionais do Trabalho, documentos históricos, um painel com frases célebres dos corregedores e uma linha do tempo com dados biográficos de cada um deles.
 
Ainda como parte da programação, na tarde de quarta-feira houve a aposição da foto do ministro Ives Gandra Martins Filho na galeria dos corregedores-gerais. Ele ocupou o cargo de março de 2013 a fevereiro de 2014. Na cerimônia de aposição, o ministro Ives lembrou que ele e o atual corregedor-geral, ministro Brito Pereira, trabalharam juntos no TST como assessores de ministro, depois foram colegas no Ministério Público do Trabalho e hoje estão juntos como ministros.
 
e-Gestão
 
A desembargadora Maria Regina Machado Guimarães, do TRT da 10ª Região (DF-TO), coordenadora do Comitê Gestor Nacional do e-Gestão, falou sobre os resultados positivos da campanha "Lance Certo" e agradeceu a colaboração dos gestores regionais do Sistema de Gerenciamento de Informações Administrativas e Judiciárias da Justiça do Trabalho (e-Gestão). Eles também foram homenageados com placas acrílicas, por sua contribuição ao sucesso da campanha, que busca o aprimoramento da qualidade dos dados fornecidos pelos TRTs.
 
O sistema e-Gestão tem como objetivo fornecer à Justiça do Trabalho, em todos os níveis, informações atualizadas sobre a estrutura administrativa e a atividade judicante de primeiro e segundo graus, e é uma ferramenta fundamental para o trabalho da Corregedoria-Geral. Para isso, porém, é necessário que as inserções sejam lançadas corretamente no sistema.  

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com TST

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia