Na China, EMBRATUR apresenta o turismo do Brasil para atração de visitantes internacionais



Presidente do Instituto, Gilson Machado Neto, participa de workshop sobre o turismo externo chinês e dá detalhes das novas ações de promoção do Brasil como destino turístico
 
 Apresentar o turismo do Brasil, com ênfase para o Ecoturismo, a Natureza, a Cultura e a Gastronomia. Esse foi o foco da apresentação do presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Gilson Machado Neto, durante a realização do China Outbound Tourism Workshop, realizado hoje (15) em Macau, um dia depois da abertura do Fórum Global de Economia do Turismo (GTEF, sigla em inglês).
 
De acordo com Gilson Machado Neto, o objetivo foi tirar as dúvidas do mercado chinês em relação ao Brasil “e mostrar os planos ambiciosos do governo brasileiro para atração do turista da China para o nosso país”. “O turista chinês tem um jeito peculiar. Ele gosta de viajar em grupo, gosta de encontrar, no destino visitado, a sua gastronomia típica. São mais de 140 milhões deles no mundo inteiro, todos os anos. A Embratur fará de tudo o que estiver ao alcance para a liberação de vistos para os chineses. Com isso, o Brasil se tornará um grande player do turismo e vai receber cada vez mais turista internacional”, garantiu o presidente da Embratur.
 
O evento faz parte da agenda de programação do Fórum Global de Economia do Turismo, que começou nesta segunda-feira e vai até amanhã (16). Ao lado dos ministros do Turismo do Brasil e da Argentina, Marcelo Álvaro Antônio e Gustavo Santos, respectivamente, o presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, participou da abertura. Este ano, o Brasil foi um dos convidados de honra do GTEF.
 
A China é o país que mais emite turistas para o mundo, com 141 milhões de chineses viajando ao exterior anualmente. Este número deve ultrapassar a marca dos 300 milhões em 2030, tornando o país asiático o principal alvo do setor. Atualmente, 60 mil chineses visitam o Brasil por ano, tendo como principais motivações o Turismo de Negócios e o Ecoturismo. Dados do Perfil da Demanda Turística Internacional, do Ministério do Turismo, mostram que os chineses movimentam, por dia, cerca de US$ 65. Destinos como São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Foz do Iguaçu (PR) e Manaus (AM) são alguns dos mais visitados por eles.
 
 
 
Assessoria de Comunicação da Embratur
www.embratur.gov.br
www.twitter.com/Embraturnews
www.facebook.com/EmbraturBrasil
(61) 2023-8529/8530
15/10/2019