UFES - Professor Manoel Malaguti será afastado de suas atividades acadêmicas

  • Postado dia 06 de Novembro de 2014

O Departamento de Economia da Ufes, atendendo a uma recomendação do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão e da comissão de sindicância instituída para apurar o caso do professor Manoel Luiz Malaguti, vai afastar o professor de todas as suas atividades acadêmicas por um prazo de 30 dias, a partir desta quinta-feira, 6. A decisão visa à preservação das integridades intelectual, emocional e física dos estudantes e do professor.
 
Durante o período do afastamento, que poderá ser prorrogado por mais 30 dias, não haverá prejuízo de salário para o professor, uma vez que o caso ainda está sob análise da comissão de sindicância.  "Não podemos punir ninguém sem julgar. O afastamento com remuneração é um direito do professor, previsto no regime jurídico dos servidores", afirma a vice-reitora Ethel Maciel.
 
O Departamento de Economia também já está providenciando um professor para substituir o professor Manoel Malaguti em suas atividades acadêmicas
 
Em anexo, a Moção de Repúdio do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão da Ufes.
 
Por Thereza Marinho

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com UFES

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia