Primeira novela africana a ser exibida no Brasil é pré-lançada em Salvador

  • Postado dia 03 de Novembro de 2014

Windeck, a primeira novela africana a ser exibida no Brasil é pré-lançada hoje (3), em Salvador (BA). A teledramaturgia angolana vai ao ar pela TV Brasil e afiliadas, a partir do dia 10 de novembro, às 23h. A apresentação da obra aos baianos será na abertura do Novembro Negro, no Forte da Capoeira, Largo de Santo Antonio Além do Carmo.
 
A novela foi produzida em 2012, pela Semba Comunicação. Em 2013, esteve entre as quatro telenovelas indicadas ao Emmy Internacional, concorrendo com duas brasileiras e uma canadense. O prêmio foi vencido por Lado a Lado, da TV Globo.
 
A exibição é apoiada pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, como parte de parceria com a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), firmada no âmbito da Década Internacional dos Afrodescendentes, declarada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para ser celebrada entre janeiro de 2015 e dezembro de 2024.
 
A novela se passa em Luanda - capital e maior cidade de Angola. A história é centrada nos bastidores da revista Divo, onde glamour se mistura com ambição. O folhetim mostra o que algumas pessoas são capazes de fazer para obter riqueza fácil e rápida, e revela os golpes daqueles que não medem esforços para alcançar seus fins. A novela revela também as tradições e os sabores angolanos.
 
A teledramaturgia foi escrita por Miguel Crespo, Coréon Dú, Isilda Hurst, Joana Jorge e Andreia Vicente, com direção de Sérgio Graciano. A obra já foi exibida pelos canais de televisão TPA, de Angola, e RTP1, de Portugal.
Mais informações no site da Windeck.

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com Agência Brasil

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia