Judiciário de Bauru - Setor psicossocial comemora 10 anos com semana de eventos culturais

  • Postado dia 29 de Setembro de 2014

O Judiciário de Bauru comemorou os 10 anos do Setor Técnico Psicossocial da comarca com diversos eventos culturais, entre os dias 8 e 12 de setembro. Foi uma boa oportunidade de magistrados, promotores de Justiça e servidores mostrarem talentos até então desconhecidos.
        
O público pôde conferir mostras de fotografia, pintura, artesanato e apresentações musicais. O juiz da 2ª Vara das Execuções Criminais, Enio Móz Godoy, apresentou trabalho fotográfico. As oficiais de Justiça Arlete Pereira da Fonseca e Sílvia Rosa Amarante divulgaram pinturas em tela, assim como a escrevente Maria Cristina Ehmke Carvalho, que também trouxe poesias. Já desenhos e caricaturas ficaram por conta do escrevente do 4º Ofício Cível Gilson Lopes Dezembro. Belas peças de artesanato foram exibidas pelas agentes operacionais Marli Ribeiro dos Santos e Walfredina Vieira de Brito; Sérgio Motta, da 4ª Vara Criminal, expôs móveis confeccionados com garrafas plásticas.
        
A literatura teve espaço nas comemorações em Bauru. O promotor de Justiça Gustavo Zorzella Vaz trouxe crônicas e poemas, e os escreventes Benedito Falcão (Central de Mandados) e José Roberto Pereira de Souza (2ª Vara da Família), textos em poesia. O público ainda foi agraciado com apresentações musicais, no período da manhã, com atuação de Gabriel Fagundes de Noronha (teclado), Léa de Oliveira Santos Almeida (voz), Renato Somaglia Albino (violão e voz), Marli Nunes (piano), Denise Amaral (voz) e Gustavo Zorzella Vaz (piano e flauta).
        
A semana de eventos também foi marcada pela palestra ‘Relações Humanas no Trabalho – Promoção de Saúde no Tribunal de Justiça de São Paulo’, promovida em 9 de setembro, no Salão do Júri, com a preleção do docente da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Mário Lázaro de Camargo.
        
As comemorações foram prestigiadas pelo presidente da Comissão do Serviço de Atendimento Psicossocial aos Magistrados e Funcionários do TJSP, desembargador Ademir de Carvalho Benedito, e pela supervisora do Psicossocial Clínico da Capital e coordenadora da equipe técnica, Leila Josefina Rodrigues Vianna. Psicólogas dos setores psicossociais de comarcas-sede de circunscrições judiciárias também compareceram.
       
“A realização do evento foi marcante para todos os servidores”, afirmou a juíza diretora do Fórum de Bauru e coordenadora do psicossocial clínico da comarca, Ana Carla Crescioni dos Santos Almeida Salles. “Todas as manhãs, os servidores foram recebidos pelos colegas cantores e instrumentistas, que alegraram o início do trabalho naquela semana. As obras expostas nos prédios também trouxeram os talentos e hobbies de nossos servidores à tona, surpreenderam, emocionaram, humanizaram nosso duro cotidiano. Foi uma experiência maravilhosa e emocionante, que vai ao encontro dos projetos culturais desenvolvidos pela Presidência do Tribunal”.

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com TJSP

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia