Projeto de Simon Anholt lista países que fazem o "Bem", Irlanda 1º, Portugal 35º, Brasil 49º, Noruega 8º e EUA 21º

  • Postado dia 30 de Agosto de 2014

Projeto de Simon Anholt - Conselheiro político independente - Países que fazem o "Bem"
Na lista dos países que são bons para o resto do mundo, a Irlanda está em primeiro lugar. Entre os 125 países que constam do ranking, o Brasil está em 49º, Portugal surge no 35º lugar, o Canadá em 12º, a Noruega em 8º, os EUA em 21º... No ranking geral, a Líbia é o país que menos contribui para o bem da humanidade, seguindo-se o Vietnam e o Iraque. Entre os que mais contribuem para o resto do mundo, Finlândia e Suíça surgem depois da Irlanda, em 2º e 3º lugar, respetivamente.
A ideia do Good Country Index, ranking elaborado pelo conselheiro político independente Simon Anholt, é simples: medir como é que cada país contribui para o bem comum da humanidade e, por outro lado, de que forma prejudica o mundo. Recorrendo a uma vasta lista de dados da ONU e de outras organizações internacionais, o índice atribui a cada país uma avaliação que determina se este contribui positivamente para a humanidade ou se é um fardo para o planeta.
 
No site oficial do projeto, Simon Anholt explica que o objetivo deste ranking, parte de uma série de projetos que irá lançar durante os próximos meses, é iniciar um debate sobre a verdadeira razão de ser de um país. "Existem unicamente para servir os interesses dos seus próprios políticos, empresas e cidadãos, ou se trabalham ativamente por toda a humanidade. O debate é difícil, porque, se a primeira resposta é a correta, estamos em sérios apuros", escreve Simon Anholt. 
 
Assim, o que o Good Country Index faz é discutir como é que os países podem equilibrar o seu dever para com os seus cidadãos com a sua responsabilidade para com o resto do mundo.
 
As contribuições que cada país dá para a ciência e tecnologia, cultura, paz e segurança internacional, ordem mundial, planeta e clima, prosperidade e igualdade e saúde e bem estar são os critérios avaliados para a elaboração do ranking. 
 
Existem ainda, sub-critérios, onde se pode observar que Portugal é o 35º da lista, sendo a cultura o campo em que se sai melhor (é o 19º país com melhor classificação nesta área) e a paz internacional a área para a qual menos contribui, estando 116º nesta categoria. Também na ciência e tecnologia o país tem uma prestação positiva, sendo o 42º país que mais contribui para este setor a nível mundial.
Para ver a lista completa dos países - http://www.goodcountry.org/overall

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com agências

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia