‘Os Jovens de 32’ - Paulo Bomfim, chefe de gabinete do TJSP

  • Postado dia 09 de Julho de 2014

A Revolução Constitucionalista de 1932 foi um movimento armado ocorrido no Estado de São Paulo, entre os meses de julho e outubro, que tinha por objetivo a derrubada do Governo Provisório de Getúlio Vargas e a promulgação de uma nova constituição para o Brasil. No total, foram 87 dias de combates – 9 de julho marca o início da Revolução.
        
 
O poeta Paulo Bomfim, chefe de gabinete do Tribunal de Justiça de São Paulo, já escreveu muitos textos sobre esse momento importante na história de São Paulo. Entre eles, o poema “Os jovens de 32”:
 
        Onde estais com vossos ponchos,
        Os fuzis sem munição,
        Os capacetes de aço,
        Os trilhos do trem blindado,
        O lema de nossas vidas,
        A saga de vossos passos,
        Ó jovens de 32!
        Em que ossário vossa audácia
        Fala aos que dormem por fuga,
        Em que campo vossa morte
        Clama aos que morrem em vida,
        Em que luta vosso luto
        Amortalha os tempos novos
        Ó jovens de 32!
        Voltai daquelas trincheiras,
        Voltai de vosso martírio.
        Voltai com vossos ideais,
        Voltai com o sangue que destes,
        Voltai com os brios de Julho,
        Voltai ao chão ocupado,
        Voltai à casa esquecida,
        Voltai à terra traída,
        Voltai, apenas voltai,
        Ó jovens de 32!

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com TJSP

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia