Orlando Duarte relembra momento de 1962 quando o Brasil perdia Pelé durante a Copa

  • Postado dia 04 de Julho de 2014

Em 1962, durante a campanha do bicampeonato mundial, o Brasil também perdeu um dos seus grandes astros. Pelé se contundiu durante o jogo contra a Tchecoslováquia, na segunda partida da Copa. O rei sofreu um estiramento muscular que o impediu de voltar aos gramados durante a Copa do Chile. Amarildo, ponta-esquerda do Botafogo-RJ, foi o substituto de Pelé.
 
O Brasil se recuperou da tragédia com uma brilhante atuação da dupla botafoguense Garrincha e Amarildo. Em sua primeira partida, Amarildo fez uma grande atuação, marcando os dois gols do Brasil na vitória contra a Espanha. Amarildo ainda marcou o primeiro gol do título do Brasil na final contra a Tchecoslováquia.
 
O jornalista Orlando Duarte, comentarista das rádios EBC, relembra o momento: "Quando ele se contundiu, inteligentemente a Comissão Técnica do Brasil não disse que Pelé não ia jogar. Todo o tratamento foi sendo feito, o Brasil foi levando e teve a sorte de entrar o Amarildo, que era conhecido como Possesso. Ele foi perfeito, graças às atuações maravilhosas do Garrincha."
 
Garrincha foi a estrela da seleção naquela Copa, encantando o mundo com seus dribles desconcertantes. O "Mané" foi um dos artilheiros da seleção, ao lado de Vavá, com quatro gols durante o torneio. Um lance curioso daquela Copa foi a expulsão de Garrincha na semifinal contra a seleção anfitriã, o Chile. Embora não pudesse atuar no próximo jogo, por uma ação de bastidores da Confederação Brasileira de Desportos (que se transformaria em CBF), o nome de Garrincha não apareceu na súmula da partida, permitindo a presença do craque na final.
 
Em 1970, Brasil vencia o Peru pelas quartas de final da Copa
 
Após a Copa, Amarildo foi jogar na Itália, atuando pelo Milan, Fiorentina e Roma, entre 1963 e 1972. Em 1974, encerrou sua carreira de atleta jogando pelo Vasco da Gama.
 
Com a contusão de Neymar, o técnico Felipão terá de buscar em seus convocados os novos Garrincha e Amarildo para que o Brasil conquiste o hexacampeonato.

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com Agência Brasil

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia