Festival do Rio começa hoje, com 380 filmes de mais de 60 países

  • Postado dia 26 de Setembro de 2013

Rio de Janeiro - A partir da noite de hoje (26) milhares de cinéfilos – cariocas ou visitantes da cidade – podem desfrutar do melhor da recente produção audiovisual nacional e internacional. O Festival do Rio oferece cerca de 380 filmes, de mais de 60 países, que serão exibidos até o dia 10 de outubro em 30 cinemas espalhados pela cidade. Na parte competitiva do festival, a Première Brasil, 11 longa-metragens de ficção e oito documentários, além de 17 curta-metragens, disputam o Troféu Redentor, que será entregue no encerramento do evento.

Considerado hoje a mais importante mostra cinematográfica da América Latina, o Festival do Rio tem acompanhado, ao longo dos anos, as tendências da produção mundial, como a crescente importância dos documentários, em relação à ficção. Nesta edição, dos cerca de 380 filmes, 147 são documentários.

O filme de abertura, Amazônia, que será exibido às 20h de hoje, em sessão para convidados, no Cine Odeon Petrobras, na Cinelândia, centro do Rio, é um misto de ficção e documentário, que faz uma viagem pela Floresta Amazônica. Ele é narrado do ponto de vista de um macaco prego, sobrevivente de um acidente de avião. Exibido no recente Festival de Veneza, o filme é uma coprodução entre o Brasil e a França, dirigida pelo francês Thierry Robert, autor também de O Planeta Branco (2006), sobre a Antártica.

Amazônia também poderá ser visto em outras sessões do festival, uma delas amanhã (27), às 19h30, no Cine Carioca do Complexo do Alemão.

Em todas as edições do festival, há um país homenageado, com uma mostra inteiramente dedicada à sua mais recente produção. O foco este ano é a Alemanha. Distribuídos por sessões em diversos cinemas e horários, serão exibidos 17 títulos da numerosa produção autoral alemã, celebrando a temporada Brasil-Alemanha 2013-2014.

O Festival do Rio foi criado em 1999 a partir da junção de dois eventos que faziam parte do calendário cultural da cidade: a Mostra Banco Nacional e o Rio Cine Festival. A promoção do é do Centro de Cultura, Informação e Meio Ambiente (Cima), também responsável por eventos paralelos, como RioMarket, o maior mercado do audiovisual da América Latina. A principal patrocinadora é a RioFilme, empresa de investimento em audiovisual da prefeitura do Rio. A programação completa pode ser consultada no site www.festivaldorio.com.br

Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com ABr./Paulo Virgilio

Relatar Conteúdo Impróprio ou Comunicar Erro

Indique a um amigo     Imprimir notícia